Vanessa Manchine fala do tratamento

By 18 de setembro de 2020 Notícias
Publicidade

“Estar viva é um privilégio de Deus, pois, de acordo com dados no Brasil, eu sou o primeiro caso registrado com vida após essa doença. Realmente, é um motivo para agradecer”, contou a chateaubriandense Vanessa Manchine, em entrevista à apresentadora Ivete Bilk, na Rádio Massa FM. A jovem falou ainda de detalhes do tratamento da trombose abdominal, uma doença rara que chegou a comprometer o fígado e pâncreas. Foram realizadas duas cirurgias e Vanessa teve alta hospitalar na sexta-feira passada. Por causa da gravidade, o tratamento foi totalmente particular. Para ajudar nos custos, os amigos realizam uma “vaquinha on-line”. Clique aqui para colaborar. Ouça a entrevista:

 

CompartilharShare on Facebook
Facebook
Publicidade
A cópia sem autorização é proibida. Para reprodução do conteúdo, entre em contato conosco.