A C.Vale realizou em todas as unidades de negócios no PR, MT, MS, RS e SC ações voltadas ao Dia da Cooperação

By 3 de setembro de 2020 Reportagens
Publicidade

Com a venda de 6 mil máscaras foi comprado um aparelho de hemodiálise para o Hospital Beneficente Moacir Micheletto/Assis (PR)

Por Assessoria de imprensa/C.Vale

Funcionários, associados, cooperativas, entidades de classe e de ensino, órgãos públicos e comunidades se uniram e promoveram no mês de julho, a maior ação já realizada na história do sistema cooperativo para celebrar o Dia C – Dia de Cooperar. A solidariedade em tempos de Covid-19 resultou na arrecadação de mais de 42 toneladas de alimentos, 5.300 peças de roupas, 6.700 itens de produtos de limpeza, além de algumas cifras que foram convertidas em cestas básicas e equipamentos hospitalares.

“Não estamos medindo esforços e nem recursos para proteger e ajudar nossos funcionários, associados, comunidade e negócios neste período de pandemia. O que for preciso, vamos fazer”, enfatizou o presidente da C.Vale Alfredo Lang.

Estabelecendo parcerias com cooperativas e entidades, a C.Vale  praticamente realizou em todas as suas unidades de negócios alguma ação que beneficiou diretamente a comunidade aonde está inserida. “A maior arrecadação não foi em produtos ou dinheiro. Foi em solidariedade, compaixão, empatia, união e amor ao próximo. Mais do que nunca, demonstramos que juntos somos imensamente fortes”, comentou uma das coordenadoras da ação dentro da C.Vale, Mirna Klein Fúrio. Ela e a analista administrativa, Oriana Nicolau Leão centralizaram e computaram todas as iniciativas.

Cestas de doações
O portfólio da solidariedade contou com arrecadação de alimentos, produtos de limpeza, álcool gel, agasalhos, brinquedos e venda de máscaras para compra de aparelho de hemodiálise. Campanhas preventivas e educativas sobre Covid-19, Dengue, escassez de água e recolhimento de lixo eletrônico. Valorização do comércio local e de cantores regionais com live para arrecadação de donativos. Produção de fraldas geriátricas, reforma de unidade hospitalar, doações de sangue e recursos financeiros.

“Os gestores e funcionários das unidades de negócios da C.Vale no Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Rio Grande do Sul foram muito criativos e proativos. Promoveram desde lives, feijoada, até produção de máscaras e fraldas geriátricas”, enfatizou o gerente da assessoria de Qualidade e Comunicação da C.Vale, Jonis Centenaro.

Hospital Moacir Micheletto
A diretora técnica do Hospital Beneficente Moacir Micheletto, de Assis Chateaubriand (PR), Roberta Dantas Lugli, enalteceu a ação voluntária das cooperativas e entidades para a compra do aparelho de hemodiálise. A meta era vender seis mil máscaras e arrecadar R$ 60 mil. “A comunidade vestiu a máscara do voluntariado ao abraçar essa causa nobre. Esse equipamento veio para transformar uma realidade, manter o equilíbrio social, tirar os pacientes graves de situações de instabilidade e prover a vida”, enfatizou a médica.

CompartilharShare on whatsapp
Whatsapp
Share on facebook
Facebook
Publicidade
A cópia sem autorização é proibida. Para reprodução do conteúdo, entre em contato conosco.