Assis: Casas foram destelhadas em sete bairros e telhas são entregues

By 15 de outubro de 2021 Reportagens
Publicidade

O município de Assis Chateaubriand segue com equipes das diversas secretarias realizando levantamento dos estragos provocados pelo temporal da madrugada de quinta-feira (14).

Conforme relatório do CRAS-Centro de Referência de Assistência Social, até por volta das 14h haviam sido feitos 64 cadastros de famílias afetadas em situação de vulnerabilidade social. Sendo 17 no Conjunto Bela Vista, 14 no Jardim Progresso, 10 no Conjunto Micheletto, 5 no Jardim Panorama, 4 no Jardim Bem Viver, 11 no Jardim Araçá, 1 no Conjunto Sheila e Itaipu e ainda 2 no distrito do Encantado d’Oeste.

Para essas famílias, a Defesa Civil do município já havia repassado lonas plásticas e, na tarde desta sexta-feira (15), foram entregues aproximadamente 150 telhas de amianto 6mm para famílias do Jardim Araçá. Neste momento serão atendidos os casos mais críticos e, com a chegada de mais telhas, o material será repassadas às famílias devidamente cadastradas.

Ainda de acordo com o CRAS, outras famílias ainda estão sendo cadastradas e o número será ainda maior.

Escolas e CMEIs
Já a Secretaria de Educação informou que praticamente todas as instituições de ensino, escolas e Cmeis sofreram alguns danos, sendo eles pequenos, médios ou grandes.

Na sede, as instituições mais atingidas foram as Escolas Cherlei  Coutrin de Oliveira; Heitor de Alencar Furtado; Nellita Ramos Sabella e Mercedes Carrilho; já no interior as Escolas Paulo Pimentel no Encantado do’Oeste, Ney Braga e CMEI Edson de Albuquerque, ambos no distrito de Bragantina. Nas demais instituições, os prejuízos e danos foram menores como destelhamentos em algumas partes e caixas d’água que tiveram suas tampas carregadas pelo vento forte que passou.

Já foram feitos todos os levantamentos e orçamentos de materiais que serão necessários para resolver todas as situações. Assim que cessar a chuva, as obras de reparo já iniciarão nas escolas mais atingidas e posteriormente nas demais.

Unidades de Saúde
A Secretaria de Saúde verificou prejuízos no CIASP do Jardim Progresso e também na base do SAMU, além da destruição das tendas que ficavam em frente a rampa de acesso ao paço municipal e era utilizada para a vacinação em drive-thru, além da tenda que ficava em frente ao Ambulatório Covid-1,9 que também apresenta goteiras devido ao temporal. Algumas unidades de saúde estavam sem energia elétrica.

As equipes da Secretaria de Agricultura, Meio Ambiente e Serviços Urbanos continuam trabalhando e ainda fazem limpeza nas ruas e avenidas da sede e também do interior, onde foram constatado árvores que foram arrancadas com a força do vento, bem como galhos que se quebraram. Os trabalhos continuarão.

“Em uma semana tivemos dois temporais, sendo o último ainda mais forte do que o primeiro e nossa equipe não mediu esforços para prestar atendimento imediato às famílias em vulnerabilidade social, realizando cadastro e providenciando lonas e, na sequência, telhas. Como o temporal afetou muitas cidades de nossa região, estamos enfrentando dificuldade para encontrar telhas, mas conseguimos uma quantidade e os casos mais críticos serão atendidos, no entanto, iremos atender todos os cadastrados. Nesses momentos temos que nos unir para superarmos tudo isso”, disse o prefeito Valtinho Correia.

Fonte: Assessoria de imprensa/Prefeitura 

CompartilharShare on Facebook
Facebook
Publicidade
A cópia sem autorização é proibida. Para reprodução do conteúdo, entre em contato conosco.