Artigo: Não podemos esquecer da epidemia da dengue

By 16 de março de 2020 março 18th, 2020 Reportagens
Publicidade

Artigo de Amanda Michelin – médica veterinária (CRMV-PR 17995)

Estamos todos preocupados com o Covid-19 (Coronavírus), é claro que temos que nos prevenir, mas em nossa cidade não podemos nos esquecer de cuidar de nossos quintais com águas paradas, pois ainda está tendo muitos casos de dengue. Vocês sabiam que o nosso município de Assis Chateaubriand está decretado com epidemia de dengue? Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, até o momento, em nossa cidade foram 1.053 casos que já são tratados como confirmados e aguardam apenas a oficialização do Estado, após os exames passarem pela avaliação do Lacen, em Curitiba.

O período do verão é o mais propício à proliferação do mosquito, por conta das chuvas e o calor, onde ficam águas paradas em recipientes artificiais, ou seja, em tudo que pode acumular água, pois esses lugares servem de criadouros para o mosquito. A fêmea do mosquito chega a colocar de 150 a 200 ovos no recipiente com água. Nesse local, eles se tornam larvas, que em pouco tempo irão virar mosquitos e assim nos contaminar. Agora, você imagine muitas fêmeas colocando todos esses ovos, todos os dias.

O “carro fumacê” irá ajudar, mas ele elimina apenas os mosquitos que estão voando no ambiente e não diretamente o foco, onde está a água parada com os ovos. O uso de repelentes evita que você não seja picado, mas ele também não elimina o foco. Por isso, a nossa população deve se conscientizar e ajudar a acabar com o foco, que seria não deixando água parada. Verifique o seu quintal, olhe calhas, vasos de flores, pneus velhos, em tudo que posso acumular água. Caso tenha algum terreno vazio ao lado que pode estar com lixos acumulando água, você pode denunciar. Todos nós devemos combater esse “mosquitinho” tão pequeno, mas que pode fazer um estrago com nós.

Atenção: Quando o “carro fumacê” estiver passando, não deixe seus animais exposto à fumaça emitida pelo equipamento, pois pode fazer mal para eles. Retire também qualquer tipo de alimento que esteja exposto; deixe suas janelas e portas abertas para que aquela fumaça possa entrar. E lembrem-se: dengue mata!

Médica veterinária Amanda Michelin – CRMV-PR 17995

 

CompartilharShare on whatsapp
Whatsapp
Share on facebook
Facebook
Publicidade
Don`t copy text!