Policial militar que salvou bebê engasgado recebe homenagem em Assis Chateaubriand

By 1 de dezembro de 2023 Reportagens
Publicidade

Um ato heroico. Sem pensar duas vezes, o soldado recém-formado da Polícia Militar, Roger Eduardo Saldanha, de 23 anos, com o apoio de colegas de serviço, salvou a vida de uma bebê de apenas dois meses de idade em 4 de outubro de 2023, que estava engasgada. Para reconhecer a coragem e dedicação do policial, na manhã dessa sexta-feira (1º), a Câmara de Vereadores de Assis Chateaubriand concedeu ao militar voto de louvor em reconhecimentos à nobre atitude. A indicação foi da presidente da casa, Franciane Micheletto, aprovada por humanidade pelos demais legisladores municipais.

Naquela noite de 4 de outubro, a pequena Ayla Sofia Dutra se engasgou com leite materno. Em momento de desespero, os pais de Ayla a levaram até a sede do 31º Batalhão de Polícia Militar, em Assis Chateaubriand. Ao local, aparentemente, ela já chegou desacordada, pálida e perdendo sinais vitais. Prontamente, os policiais prestaram os primeiros socorros. O soldado Saldanha realizou a manobra de Heimlich, procedimento rápido para tratar asfixia por obstrução das vias respiratórias, logrando êxito em desengasgar a menina. Outros PMs que estavam de serviço e de alguma forma contribuíram para o saldo positivo desta ocorrência, sendo o sargento Gustavo, soldado Darlene, soldado J. Farias, soldado Juliano e soldado Santos. Na sequência, com apoio de outra equipe que estava chegando ao Batalhão, foi deslocado imediatamente com a criança até o Hospital Micheletto para atendimento e se recuperou bem do susto.

De acordo com o soldado Saldanha, o momento foi de muita cautela e cuidado para não exagerar na força durante o procedimento por se tratar de uma bebê. “É algo que a gente não esperava, mas eu sabia que, naquele momento, eu teria que agir de qualquer forma. Prontamente, lembrei do curso que tive em minha formação. A manobra de Heimlich foi realizada com êxito, desobstruindo a via que estava com leite. Foi um trabalho em conjunto, com a equipe que estava comigo. Aquele momento foi muito especial para mim. Eu só pedia a Deus que não ocorresse nada de pior. Foi muito emocionante reencontrar ela, hoje, com a família e só agradeço a Deus”, resumiu o policial.

Para a presidente da Câmara de Vereadores, Franciane Micheletto, a homenagem é justa, pois o policial assumiu a responsabilidade de salvar a criança. “Tomando conhecimento disso, nós, vereadores, temos a prerrogativa de homenagear cidadãos e profissionais de bem e que colaboram com a nossa sociedade. O soldado Saldanha fez um ato heroico, pois poderia ter dado certo, bem como poderia ter dado errado. Naquele momento, a responsabilidade foi toda dele e da equipe que o acompanhava. Entendemos por bem reconhecê-lo para que a gente incentive os policiais a, cada vez mais, se colocarem à disposição do próximo. A vida deles está a todo momento em risco. Quando presenciamos um ato desse, de generosidade e compaixão, temos que render esse voto de louvor em nome da sociedade chateaubriandense”, destaca Franciane.

Homenagem ao 31º BPM
Na mesma manhã, o 31º Batalhão de Polícia Militar de Assis Chateaubriand também recebeu voto de louvor e congratulações pelos relevantes serviços prestados à comunidade chateaubriandense. A unidade completou um ano de funcionamento recentemente, após deixar de ser a 3ª Companhia do 19º BPM. “Ganhamos um grande presente, com o 31º BPM. Estou muito grata por estar como vereadora e poder fazer essas homenagens a esses bravos homens que têm defendido a nossa sociedade”, finaliza Franciane.

As homenagens foram prestigiadas pelo prefeito de Assis Chateaubriand, Valtinho Correia, pelo deputado estadual e primeiro vice-presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Marcel Micheletto, além de vereadores, autoridades civis e militares, imprensa, bem como a população em geral.

CompartilharShare on whatsapp
Whatsapp
Share on facebook
Facebook
Publicidade
Don`t copy text!